Mídia: a maior propagadora do machismo

É necessário mostrar que é possível um mundo diferente, mais diversificado e respeitoso em relação a direitos humanos. E cabe  à mídia alternativa, preocupada com questões sociais, tomar para si a luta por uma sociedade menos restritiva e excludente Por Cynthia Semíramis Dentre as diversas mobilizações, passeatas e marchas ocorridas nos últimos meses, chamam a…